Puro Verde Ecostore, para uma vida mais sustentável.


sustentável, eco friendly, loja ecológica, desperdício zero, produtos ecológicos

Neste blog, queremos partilhar convosco um pouco de nós e da nossa missão, para uma vida mais sustentável.

Para quem ainda não nos conhece, nós somos a Bárbara e a Susana, juntas trabalhamos na Puro Verde Ecostore.



Como começou!


A ideia surgiu na cabeça da Bárbara em 2018, quando se deslocava todos os dias de Setúbal para Lisboa, para ir trabalhar. O desperdício deste tempo de viagem, roubado todos os dias ao seu filhote tão pequeno ainda, deixava a Bárbara cada vez mais convicta que não era esta a vida profissional que queria continuar a ter. Foi assim que aos poucos se formou e fundamentou a decisão de mudar, mudar para uma vida mais sustentável.


Preocupada com as pessoas e os animais depressa a Bárbara pensou em criar algo que pudesse ajudar o mundo e assim nasceu a ideia de criar uma loja ecológica. O ideal seria uma loja física a par da loja on-line mas os investimentos são grandes e as escolhas têm de ser feitas, assim se decidiu pela loja ecológica on-line, uma forma de chegar também a todas as pessoas que se preocupam com o seu bem estar e o meio ambiente.

Seguiu-se a apresentação da sua ideia, na incubadora de start-ups do Instituto Politécnico de Setúbal, local de ensino onde a Bárbara de formou. A ideia foi validada e a estruturação da Puro Verde Ecostore, começou.


Depois disso foi a vez de procurar recursos humanos, para ter uma loja on-line a funcionar 24h/7 a Bárbara sabia que necessitava de mais mãos, como pessoa que gosta de trabalhar em equipa, iniciou a sua pesquisa de potenciais sócios no seu núcleo de amigos, com os quais já tinha começado a partilhar a sua ideia.

Não é fácil encontrar pessoas adequadas e a amizade não é uma colaboração profissional, pelo que nesse campo não sabemos como as pessoas funcionam, temos de experimentar primeiro. Certo era que para fazer crescer a Puro Verde, abrir portas ao mundo e levar até aos consumidores uma alternativa mais sustentável, tinha de encontrar recursos humanos. Assim apareceu a Susana, na altura da proposta para trabalhar em conjunto a Susana estava a terminar uma formação no voluntariado hospitalar, tinha disponibilidade e a ideia da Bárbara era bastante cativante, foi fácil dizer que sim.


O processo!


É curioso que nós, duas mulheres bastante conscientes, com preocupação pelo meio ambiente e pela sustentabilidade do nosso planeta, começamos de imediato a perceber que aquilo que fazíamos não era propriamente sustentável. Começámos então a acrescentar ao nosso dia-a-dia, mudanças que nos faziam sentido e de facto deparámos-nos com algumas dificuldades.

Para nos tonarmos pessoas mais sustentáveis tínhamos de abdicar de comprar roupa nova a toda a hora ou de encher os armários de roupa nova na altura dos saldos, acessórios a perder de vista a cada estação, novas modas para nos alegrar. Como é que nunca parámos para pensar nisto?! Comprávamos com alguma satisfação moda descartável a um preço demasiado reduzido sem pensarmos nas condições de trabalho de quem trabalha nessas peças. Ou artigos de marca, de preço elevado mas de material que não vale o preço. Na nossa jornada temos aprendido a mudar e essa mudança tem sido uma conquista pessoal que nos enche de vontade, de contribuir cada vez mais para uma vida mais sustentável, para todos nós, habitantes deste magnifico Planeta Terra.


Se a mudança do hábito de comprar roupa sem pensar, foi para nós uma mudança até fácil de fazer, já houve outras que nos deram mais trabalho. Uma delas foi a mudança de champô. Este tipo de produto apareceu nas nossas vidas juntamente com a Puro Verde praticamente, pois foi na busca inicial que nos fomos apercebendo da quantidade de artigos que utilizamos diariamente, que podem ser facilmente substituídos por versões mais sustentáveis para a nossa saúde e para o nosso planeta. Nesta busca tivemos o cabelo mais seco, mais oleoso, embaraçado, ouriçado e felizmente ficou por aqui quando descobrimos o champô que se adequa aos nossos tipos de cabelo. Percebemos nesta busca, que estávamos demasiado habituadas a comprar um champô pelo cheirinho que deixava no cabelo ou pela espuma fofa que fazia em primeiro lugar, depois sim também importante era o efeito nos nossos cabelos. Mas nunca pensávamos na embalagem nem nos ingredientes de forma critica, para além de não sabermos sequer o significado de muitos deles, para nós importava mais o efeito e sensação. Agora, sabemos que estávamos dessa forma a contribuir não só para a poluição ambiental, pelo excesso de embalagens, como para a exposição do nosso couro cabeludo a agentes químicos alguns deles nocivos para a nossa saúde. Esta mudança não foi fácil, mas agora que nos habituamos e o nosso cabelo ganhou a devida vitalidade, adoramos os nossos champôs sólidos e não pensamos em voltar a usar os que usávamos antes. Menos lixo, mais qualidade.


O presente!


Na Puro Verde Ecostore, assim como nas nossas vidas pessoais, caminhamos numa jornada para uma vida cada vez mais sustentável. Com a nossa própria experiência e conhecimento adquirido, queremos chegar a cada vez mais pessoas. Acreditamos que todos conseguimos alterar hábitos menos saudáveis, aprendendo e analisando o que fazemos, conseguimos perceber o impacto que têm as nossas ações, nas nossas vidas e nas vidas de todos os que nos rodeiam.

Ainda há muito para aprender e cada vez mais os estudos científicos nos vão revelando as tendências de uma forma cada vez melhor e mais precisa, hoje em dia temos a tecnologia a nosso favor para podermos antever de uma forma muito mais rápida, as consequências futuras. Não há razões para continuar de braços cruzados a cometer sempre e repetidamente os mesmos erros. Uma vida mais sustentável começa em nós próprios, a analisar a forma como consumimos e principalmente reflectindo no porquê desse mesmo consumo.

Partilhamos a nossa jornada com o objectivo de ajudar outras pessoas a mudarem também, juntos conseguimos cuidar melhor de nós e do Planeta que partilhamos, juntos conseguimos deixa-lo habitável e saudável para as próximas gerações.


Eco Greetings

Bárbara & Susana